terça-feira, julho 03, 2018

Lula reafirma candidatura e diz que não tem mais motivos para acreditar na Justiça


BRASÍLIA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba desde abril, ordenou nesta terça-feira que a Executiva Nacional do PT divulgasse uma carta na qual ele diz que "já não há razões" para acreditar na Justiça e em que reafirma sua condição de pré-candidato à Presidência.

Em Brasília, acompanhada pelos dirigentes do PT, a presidente da legenda, senadora Gleisi Hoffmann (PR), leu a carta de Lula.

A ideia do partido é evitar especulações sobre uma possível alternativa ao nome do ex-presidente disputar a corrida eleitoral - já que ele deve ser barrado pela pela Lei da Ficha Limpa — e preparar o terreno para uma mobilização de petistas no dia 15 de agosto, quando dizem que vão registrar Lula como candidato.