segunda-feira, junho 11, 2018

Energia: CIP, gatos, e a gente é que paga a conta


A conta de energia elétrica passou a ser a grande vilã do orçamento familiar do itaitubense, pois além de pagar um dos preços mais altos do país pelo KW consumido, o consumidor além de arcar com a pesada carga tributária, como PIS, COFINS, ICMS, bandeira tarifaria e agora tem o polêmico reajuste da contribuição de iluminação pública.

Esse aumento da CIP continua gerando reclamações da população e a Câmara de Vereadores, que aprovou esse aumento, agora está buscando mecanismos para aliviar um pouco o peso desse reajuste no bolso do contribuinte.

O que já está ruim, tende a piorar ainda mais para os consumidores de energia, pois a previsão é de mais reajustes na conta de luz nos próximos meses.

Além de tudo isso a concessionária de energia cobra as perdas oriundas do consumo irregular de energia, ocasionado por fraudes no medidor e furtos; são chamadas de perdas não técnicas e Itaituba é uma das cidades com um alto índice desse tipo de perda.

Nós, consumidores regulares, que pagamos nossas contas de luz direitinho, temos que pagar ainda a parte do consumo irregular de pessoas que utilizam práticas ilícitas em suas ligações com a distribuidora.

Como a Celpa não faz os investimentos que deveria fazer para expandir a rede de distribuição de energia, os famosos gatos vão continuar existindo e consequentemente nós também vamos continuar pagando essa conta, e a fatura de energia ao final do mês se transforma num grande tormento para a população.

Jornalista Weliton Lima
Comentário do Focalizando, 07/06/2018