quarta-feira, junho 06, 2018

CIP e não pagamento de hospital com dinheiro do IASEP pelo governo do Estado foram assuntos tratados por Peninha


Blog do JP - Vereador Peninha, os vereadores reuniram semana passada com a Celpa, e hoje o senhor falou da Tribuna a respeito das divergências que existem, mas, não é qualquer divergência, mas, uma enorme divergência entre Celpa e prefeitura, quanto ao número de postes sobre os quais é cobrada a taxa de iluminação pública...
Peninha -  Nós tivemos aqui uma reunião com os técnicos da Celpa Equatorial, que foi convocada por nós para que a gente pudesse debater a questão dessa cobrança da CIP, que é a Contribuição de Iluminação Pública no nosso município. Chegamos à conclusão de que existe essa grande diferença, pois, a selva nos afirmou aqui de que nós temos em Itaituba 19.700 bicos de lâmpadas de iluminação pública; já o setor de iluminação pública do município afirma para nós que são 12 mil pontos apenas.
Essa quantidade representa uma diferença enorme, de cerca de mais de 7.000 pontos que a Celpa está cobrando. A empresa responsabiliza o município, afirmando que deveria comunicar que tem esses pontos sem iluminação pública; então, nós estamos trabalhando sentido para que seja cobrado pela Celpa os pontos onde tem iluminação pública, que é o que o município tem obrigação de pagar.
O que nós estamos vendo, hoje, é que há uma disparidade de número, da Celpa, que diz que cobra de 19 mil e uma fração, e dos bicos de lâmpada que o município diz que tem, que seriam apenas 12 mil.
O município está pagando em torno de R$ 295.000,00, por mês, de iluminação pública; e aí não seria esse o valor a ser cobrado, e por causa disso falta dinheiro para manutenção do sistema.
A Celpa cobra R$ 15,50 por cada bico de lâmpada da iluminação pública; nós temos que ver se esse valor tem amparo legal, quem determina, onde é feito esse cálculo que nós achamos muito alto esse valor, mas o que nós mais achamos que está errado é a Celpa Cobrar iluminação pública de lugares onde não tem.
Queremos que Celpa cobre onde tem lâmpada, e com isso vai sobrar mais dinheiro para que se possa investir na melhoria, porque vários pontos da cidade estão às escuras, as pessoas pagando, mas, está escura.
Blog do Jota Parente - Faz dias que o senhor defende uma CPI. A Câmara olha com simpatia essa possibilidade, e deve sair a CPI?
Peninha - Veja bem, nós estamos aprofundando porque exatamente nós precisamos fazer uma CPI que encontre a solução do problema, então, baseado em algumas informações que nós estamos tendo, eu acho que já cabe uma CPI, mas, nós estamos estudando mais o assunto. Já temos orientações de como proceder. Eu acho que cabe e a ideia é vista como simpatia pelos vereadores, que se mostra favoráveis.
Blog do Jota Parente - Outro assunto muito grave que o senhor levantou foi o atraso no pagamento das contas do IASEP por parte do governo do Estado, o que já está provocando problemas para os servidores públicos estaduais...
Peninha – Nós tivemos conhecimento de que está indo para o terceiro mês que o governo do Estado, através do IASEP, não está pagando pelos serviços prestados pelas clínicas, pelos hospitais e pelos ambulatórios. Isso preocupa, porque o atendimento a esses servidores do Estado já está sendo recusado por alguns conveniados, e já pensou o caos que nós vamos ter na nossa região! Aqui na região nós temos em torno de 12.000 servidores que contribuem religiosamente, todo mês é descontado do salário deles em torno R$ 200,00. Veja o montante altíssimo que o Estado recolhe para a previdência de servidores e não está repassando aos hospitais. Tem clínica em que os próprios médicos até consultas estão recusando, e isto é ruim para o servidor.