Postagem em destaque

5 Minutos Com Jota Parente

domingo, fevereiro 11, 2018

Hélio Gueiros Neto permanecerá preso

Acusado de matar a própria esposa, advogado teve habeas corpus negado

Por decisão ocorrida na última quinta-feira, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, por unanimidade, o pedido de habeas corpus para o advogado Hélio Gueiros Neto. 

Ele é acusado de ser o responsável pela morte da esposa Renata Cardim, em 27 de março de 2015, em crime que chocou a sociedade paraense. 

No STJ, o voto do ministro relator Joel Paciornik foi acompanhado pelos ministros Feliz Fischer, Jorge Mussi, Reynaldo da Fonseca e Ribeiro Dantas, ou seja, a Turma “não conheceu do pedido”.