sexta-feira, agosto 04, 2017

Nem hospital escapa da violência. Arrastão em hospital infantil de Marabá

Bandidos fazem arrastão no Hospital Materno Infantil (Foto: Divulgação) Bandidos armados entraram, na madrugada de ontem, no Hospital Materno Infantil (HMI), em Marabá. Segundo testemunhas, 4 homens entraram no hospital e renderam funcionários e pacientes.

Eles levaram cerca de 30 celulares e várias bolsas das mulheres que estavam internadas no HMI.

De acordo com o secretário de Saúde de Marabá, Marcone Leite, a situação é preocupante. Ele afirma que moradores da cidade estão amedrontados com as constantes ações de assaltantes. “Isso preocupa a administração. Nós temos buscado uma parceria com a Secretaria de Segurança para melhorar a presença de guardas nos hospitais”, afirma.

O secretário também informa que está sendo realizada licitação para a aquisição de câmeras de monitoramento e que os equipamentos serão instalados nas unidades de saúde. Marcone explica que não é comum criminosos entrarem em uma unidade hospitalar e diz que a pasta está tomando as devidas providências para a investigação do caso e possível prisão dos envolvidos no assalto.

SECRETÁRIO

“Não é uma coisa que se pode dizer que acontece corriqueiramente e nós já estamos tomando as medidas de segurança aplicáveis”, explica. O inspetor da Guarda Municipal Gilmar Carvalho, que está acompanhando o caso, disse que serão solicitadas imagens de câmeras das proximidades do hospital, para ajudar nas investigações. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, até a noite de ontem os criminosos ainda não tinham sido identificados.
(Diário do Pará)