quarta-feira, agosto 09, 2017

Júnior diz que prefeito acena com regularização de terrenos do bairro Jardim Tapajós

Resultado de imagem para fotos do vereador júnior piresO vereador Júnior Pires usou a tribuna da Câmara na sessão para falar sobre a possibilidade de regularização dos terrenos situados no bairro Jardim Tapajós, uma invasão que já tem cerca de onze anos.
            Ao longo dos últimos onze anos, os moradores dos 1.285 terrenos de uma área reivindicada pelo empresário Orlando Chorcete, tem convivido com o medo de serem removidos por decisão do local. Agora, eles receberam essa notícia que lhes dá muita esperança.
            “Hoje eu fui procurado pelo presidente do bairro, sr. Raimundo, pelo fato de que a gente já vem acompanhando esse caso há algum tempo. Esse caso tem sido notícia na mídia local por muito tempo, pois isso vem se arrastando desde legislaturas passadas.
            Recebi essa notícia de que o prefeito Valmir Climaco decidiu autorizar a titulação daqueles terrenos para que as pessoas fiquem tranquilas quanto a sua moradia. Sabemos que há a parte o lado jurídico da questão, mas, o prefeito deve está tratando disso junto ao cidadão que legalmente é o dono da área, para poder tomar essa providência”, disse o vereador.
            Júnior observou, também, o fato de grandes áreas ao redor e até dentro da área urbana servirem apenas para a prática de especulação imobiliária.
            “A gente vê ainda, extensas áreas urbanas com doze, quinze hectares ou mais, que não cumprem com sua função social. Não tem sentido algum um proprietário manter esse tipo de área dentro da cidade apenas para especular. Queremos que a cidade cresça, mas, com ordenamento territorial, com planejamento.

Esse pessoal tem que ter consciência de que é preciso dar uma destinação a essas áreas, como fazendo loteamentos, por exemplo, dando às pessoas que não tem um, condições de adquirir um terreno. Nós, na Câmara, precisamos estar atentos para essas situações, para ajudar a tornar a nossa cidade, o novo município um lugar mais organizado, onde as leis sejam de fato observadas e cumpridas”, finalizou o edil.