quarta-feira, agosto 09, 2017

Câmara cobra cumprimento integral de repasse do duodécimo, que não está sendo feito pela prefeitura

Resultado de imagem para fotos do vereador cebolaSegundo disse ao blog o presidente da Câmara Municipal de Itaituba, vereador João Bastos Rodrigues (Cebola), a prefeitura não está fazendo o repasse integral do duodécimo ao Poder Legislativo.
            Conforme disse Cebola, informação ratificada pelo secretário da mesa diretora, vereador Júnior Pires, o montante do repasse deveria ser de R$ 690 mil, todo mês. Mas, só tem sido repassado R$ 580, havendo uma diferença de R$ 110 mil nos primeiros meses desse ano.
            Somente a diferença que a prefeitura terá que recolher para a Câmara soma mais que R$ 600 mil.
Resultado de imagem para fotos do prefeito Valmir climaco            Cebola disse que o Tribunal de Constas dos Municípios, consultado sobre o assunto, informou que está havendo mesmo repasse a menor, e que a prefeitura deve normalizar isso o mais rápido possível.
            Caso não faça, o prefeito poderá responder por isso.
            Ao blog, Cebola disse que tem um bom relacionamento com o prefeito Valmir Climaco, e que até agora tem mantido um bom diálogo, não sendo sua intenção alimentar nenhum tipo de contenda com ele. Mas, que é preciso que Valmir cumpra a lei.

            Recorrer à justiça será o último passo, disse o presidente da Câmara, que quer esgotar todas as possibilidades de conversação com o gestor, por entender que brigar não é bom para o município. Entretanto, embora ele não tenha confirmado isso, hoje, nos corredores da Casa de Leis circularam comentários dando conta de que, caso não haja uma manifestação explícita do prefeito a esse respeito, não será surpresa se ainda esta semana o departamento jurídico da Câmara recorrer ao Poder Judiciário.