quinta-feira, agosto 03, 2017

A qualidade da coleta do lixo despencou

Resultado de imagem para fotos jornalista weliton limaA batalha que o prefeito travou logo no início de seu governo contra a sujeira nas ruas, deu resultado e mesmo com poucos veículos para a recolher o lixo, o planejamento para a execução desse trabalho, mostrou-se eficiente, com rotas e horários definidos para a passagem do carro coletor de lixo.

Agora, depois que prefeitura foi contemplada com mais seis caminhões papa lixo, inexplicavelmente, o lixo doméstico voltou a ficar espalhado em algumas ruas,
Na manhã de ontem, quarta-feira (2), vários sacos de lixo estavam espalhados na 23ª rua, próximo da escola Antônio Gonzaga Barros, e a tarde os urubus que já estavam sumindo das ruas, disputavam uma sacola cheia de lixo em plena orla da cidade.

Vendo essa situação, o que se perceber é que em muitas ruas o carro coletor de lixo mudou o horário e a população parece que não foi informada da alteração, e se houve realmente mudança de horário, o novo diretor de urbanismo precisa informar à população, e os motoristas devem cumprir o horário para evitar que lixo fique muito tempo na rua, o que acaba atraindo os urubus.

Além dessa queda na qualidade desse serviço, a prefeitura através do seu setor de tributos, e até mesmo da vigilância sanitária, precisa fazer uma fiscalização na orla próximo ao porto da balsa, onde muitas barracas com venda de comidas estão se estabelecendo sem as mínimas condições de higiene.

O cenário criado por essas barracas é uma agressão a esse espaço, mas como os setores competentes da prefeitura não tomam providências, a quantidade delas vai aumentando, enfeando e comprometendo a vista para o rio Tapajós.

Jornalista Weliton Lima

Comentário do Focalizando, hoje.