terça-feira, julho 04, 2017

O artigo de Jota Parente, do Jornal do Comércio, edição 221, na análise do vereador Júnior Pires

Jota Parente é um profissional ético, competente e respeitadíssimo pela imprensa local e população.

Concordo com sua avaliação no que diz respeito aos desempenhos e posicionamento dos nobres edis da Câmara Municipal de Itaituba, da qual também sou membro.

O cenário da Câmara é hoje, bem diferente das legislaturas que antecederam a atual. Pessoas mais firmes, decididas e conscientes de suas atribuições legislativas.

E cada um com suas limitações e ou dificuldades para desempenhar com certa razoabilidade suas funções, mas, que no ínterim essa configuração que se apresenta pode mudar significativamente.

Agora vamos falar de mim mesmo.

Não me considero tão excluso ou sem notoriedade no exercício do mandato; talvez deveria usar todas as sessões a tribuna?! Ou aparecer na mídia televisiva dia após dia!?

Tenho cuidadosamente feito, mesmo como de forma tímida, mas sempre com muita tranquilidade e serena, a minha parte, sempre buscando o conhecimento e trazendo a público alguns temas de suma importância que visam ao bem-estar social e econômico do nosso município. Eximo-me de comentar sobre os demais colegas citados e não citados na matéria.

E quanto o prefeito Valmir Climaco, apesar de não ter sido eleito em sua base, mas sempre tivemos um relacionamento respeitoso, e minha posição, hoje, até que não divirja o propósito do bem melhor, é de compor sua base. Salvo se houver discrepância e imoralidade na gestão atual.
             
Em cinco meses de trabalho na Câmara, apresentei vários projetos de Lei que visam à melhoria da qualidade de vida de nossos munícipes, todos votados favoravelmente, aguardando posteriormente sanção do prefeito, se assim, houver entendimento do gestor. Há, ainda, 80 requerimentos. Isso me parece que é razoável e deve ser considerado pelo respeitadíssimo jornalista Parente.


Vereador Júnior Pires - PSC