segunda-feira, julho 03, 2017

Delegada: ‘Médico ejaculou no rosto da criança e no seio da mãe, que depois amamentou o bebê’

 A segunda-feira, dia 03 de julho, amanheceu agitada em Santarém. Vários acidentes de trânsito e uma operação da Polícia Civil, mais precisamente pela Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente, que cumpre determinação da Justiça.

O médico Álvaro Cardoso Magalhães foi preso na operação, acusado de estupro de vulnerável e pedofilia. Junto com o médico foram presas duas mulheres que davam cobertura ao suposto crime praticado, sendo uma delas mãe de um bebe de 3 meses, que a dupla praticava atos libidinosos. A operação policial contou com o apoio do NAI (Núcleo de Apoio a Investigação), da Polícia Civil, que tem como titular o delegado Silvio Birro.

Nossa reportagem tentou falar com a delegada responsável pelo caso, Dra. Adriene Pessoa. A mesma informou que só falará sobre o caso, em uma coletiva que será dada ainda nesta segunda-feira.

Segundo informações, o médico desempenha suas atividades na UPA 24 Horas e no Hospital Municipal de Santarém. Fontes informaram que existem várias vítimas, entre elas, uma criança de 4 anos e um bebê de três meses. Poderá haver mais prisões.

A prisão do médico Álvaro Magalhães e das duas mulheres foi decretada pelo Juiz Alexandre Rizi, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, como base em farta prova material, como fotos, vídeos e mensagens de aplicativos. O médico e as duas mulheres estão recolhidos em celas da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), na Unidade do Pro Paz, localizada na Av. Sérgio Henn, bairro Interventoria.

Médico e mais duas mulheres são presos em Santarém por estrupo de vulnerável, Médico Álvaro CardosoPRISÕES: A Operação “Anjos da guarda” deflagrada hoje pela Deaca e Deam teve até agora quatro prisões. Foram presos em decorrência de prisão preventiva (507/2017.000185-2): ÁLVARO MAGALHÃES CARDOSO (médico) e ODETE FRISS EBERTZ por estupro de vulnerável e outros crimes sexuais. Além disso está sendo autuada em flagrante delito DARLIANE SILVA DOS SANTOS (507/2017.000195-8) pela prática do delito previsto no art. 241-B do eca. Foi preso ainda em razão de sentença condenatória uma outra pessoa, pela prática de estupro de vulnerável.

Médico ejaculou no rosto da criança...
Os detalhes sobre a investigação realizada pela Delegada Adriene Pessoa, revela uma verdadeira tragédia. Num cenário de dante, crimes perversos eram praticados com inocentes, que também tinham como algoz, aquelas que deveriam proteger seus filhos.

“Uma mãe de uma criança de três meses de idade, mantinha um relacionamento antigo com o médico, inclusive eles chegaram a levar a criança para um motel da cidade, onde praticaram atos libidinosos, onde a mãe relata que após os dois manterem relação sexual, o  médico ejaculou  no rosto da criança e no seio da mãe, para que em seguida a criança mamasse”, disse a delegada.

Fonte: RG 15/O Impacto