segunda-feira, julho 17, 2017

Até solução de bateria tinha: polícia invade laboratório de cocaína no Marajó

Até solução de bateria tinha: polícia invade laboratório de cocaína no Marajó  (Foto: Polícia Civil)Uma denúncia anônima levou uma equipe de policiais civis e militares da Delegacia de Bagre, na ilha do Marajó, até uma casa, na sede do município, onde os moradores estariam fabricando drogas.

Durante a abordagem ao local, os policiais flagraram Amarildo Batista Furtado, 29 anos, de apelido Mário, e Sandrinny Luany de Jesus Trindade, 22, ambos com uma quantidade de pedras de óxi, matéria-prima da pasta de cocaína, e produtos usados para a mistura da droga, como solução de bateria, além de balança digital de precisão, entre outros objetos usados no preparo da droga para o tráfico.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Bagre, o flagrante foi realizado no sábado (15) por volta de 12h30, logo após o recebimento da denúncia anônima.

Assim, policiais civis e militares seguiram até o endereço, para apurar as informações e constataram a prática do tráfico de drogas no local.

Todas as drogas foram apreendidas e os presos foram conduzidos para a Delegacia para autuação em flagrante por tráfico de drogas. (DOL)