quinta-feira, junho 15, 2017

Prefeitura perde recurso de emenda para feira da 16ª rua

A profunda crise financeira em que o país está enfiado, deixou a prefeitura de Itaituba numa pindaíba danada, situação agravada ainda mais pelo endividamento e a obrigatoriedade do município de garantir as contrapartidas aos programas do governo federal. Por isso, qualquer recurso que entra nos cofres da prefeitura, por menor que seja, deveria ser motivo de comemoração, mas não é isso que acontece.
O município vem perdendo recursos para a realização de obras importantíssimas para a população. Ano passado, os técnicos da prefeitura perderam o prazo para prorrogar alguns convênios com o governo federal e as obras que dependiam desses recursos estão paradas e sem previsão para serem concluídas.
Agora, atual gestão acaba de perder quase meio milhão de reais de uma emenda parlamentar de autoria do ex-deputado Dudimar Paxiúba. Esse recurso tinha a destinação de revitalizar a feira da 16ª rua da Cidade Alta. E da mesma forma que a administração anterior foi cobrada por perder o prazo para solicitar a prorrogação dos convênios com o FNDE para a construção de centros de ensino infantil, o prefeito Valmir Climaco também precisa explicar, porque que um recurso que já estava empenhado para pagamento foi cancelado.
Mesmo que essa situação venha ser revertida, o prefeito deve dar um puxão de orelhas no responsável por fazer acompanhamento dos projetos técnicos da prefeitura, pois como falei, a situação de penúria financeira não permite ao município perder um centavo sequer.
Para se ter uma noção da importância do investimento que seria feito com o dinheiro dessa emenda, é só dar uma passada no domingo pela manhã na 16ª rua e ver as condições em que feirantes trabalham. Aliás essa mesma sugestão vale também para os técnicos da Vigilância Sanitária.            

Jornalista Weliton Lima, comentário do Focalizando, hoje, 15/06/17