quarta-feira, junho 14, 2017

Mototaxistas legalizados cobram fiscalização dura contra clandestinos

A Câmara de Itaituba ficou lotada de mototaxistas legalizados, que foram cobrar dos vereadores, apoio para sua luta contra os clandestinos.

Um representante da classe fez uso da tribuna, quando fez colocações contundentes.

Numa delas, ele disse que o coordenador da Comtri, Aguiarzimho, disse que recebe muita pressão quando manda apertar a fiscalização.

Mas, a declaração que mais incomodou foi quando o mototaxista afirmou com todas as letras, que na Câmara há vereador, ou vereadores, que pressionam agentes de trânsito do município, quando eles fazem seu trabalho de fiscalizar irregularidades praticadas por condutores.

Houve um incômodo visível na Casa de leis diante dessa afirmação.

O vereador Davi Salomão havia se pronunciado antes, reafirmando sua condição de representante desses profissionais. Disse ele, que tem um lado e esse lado é o dos motoristas legalizados.

Lembrou o edil, que.também é advogado, que a justiça já deu ganho de causa, e que só cabe ao município cumprir, mandando fazer a fiscalização, sob pena de pagar multa diária de dois mil reais.

Davi afirmou ainda, que já conversou com o prefeito sobre essa questão, e que Valmir lhe pediu para passar na Comtri. Caso o órgão não fiscalizadas, que o vereador procurasse o Ministério Público.

Aliás, antes se dirigem para a Câmara, os mototaxistas estiveram no MP pedindo providências do mesmo.

O vereador Wesley Tomaz, que tem uma relação muito boa com a classe, também falou manifestando seu apoio à luta.

Pelo jeito, dias difíceis aguardam os mototacistas clandestinos.