segunda-feira, junho 12, 2017

Inauguração da UPA, compra de avião para transportar doentes. Esses e outros assuntos, na entrevista do secretário de Saúde, Iamax Prado

O secretário de Saúde Iamax Prado recebeu a reportagem do blog do Jota Parente e do Jornal do Comércio para uma conversa de mais de meia hora a respeito de assuntos que despertam o interesse da população, como a inauguração da UPA, implantação da nova Urgência e Emergência do Hospital Municipal, Médicos Especialistas e outros.

Blog do JP - Como está a situação da UPA e quais são as providências que a secretaria está tomando para que a ela entre finalmente em funcionamento em Itaituba?

Sec. Iamax - Na verdade, a UPA está com o prédio pronto. Nós fizemos uma licitação de duas emendas parlamentares, explicando muito bem que uma foi alocada pelo Deputado Joaquim Passarinho, na ordem de r$ 414.000,00; essa foi alocada via município de Itaituba, onde nós já fizemos o processo licitatório. Já estamos esperando as três empresas que foram ganhadores deste certame entregar os equipamentos instalados na nossa unidade.
A outra emenda parlamentar foi do deputado Francisco Chapadinha, que foi alocado via estado governo do Estado, que já está deu entrada no processo licitatório para realizar o pregão eletrônico, e a gente está cobrando, o prefeito tem feito em inúmeras ligações, e o deputado Hilton Aguiar para que ele possa acelerar o processo de licitatório via Estado para que a gente possa o mais breve possível inaugurar a Unidade de Pronto Atendimento e colocar à disposição da população itaitubense.
Já chegou a ser cogitada uma data de 30 de junho para a inauguração, mas, a gente já sabe que é um pouco difícil em função da série de providências que tem que ser tomadas. Tem uma outra data prevista. O governo prefere aguardar resolver todas essas questões para poder marcar uma data definitiva. Na verdade, a UPA tem, aproximadamente, 5 ou 6 anos que foi que foi construída, e nós estamos recebendo a pressão em nível de Ministério da Saúde, exigindo a inauguração desta unidade, e nós respondemos uma solicitação do prefeito Valmir que gostaria que agendasse para o dia 30 de junho, e que essa data a gente tá trabalhando em cima dela até que se prove o contrário.
A gente tem pedido ao Ministério da Saúde até mesmo para o mesmo pressionar o Estado a realizar o mais breve possível em caráter de urgência esse processo licitatório. A população já espera ansiosamente a inauguração dessa unidade e a gente está aqui para cumprir o que foi compromisso do prefeito em campanha.

Blog do JP – Semana passada saiu uma denúncia de um usuário do serviço de saúde do município sobre falta de medicamento em um posto de saúde. Tem fundamento?

Sec. Iamax - O que temos que explicar é o seguinte: a pessoa procura o Hospital Municipal, e na maioria das vezes ela recebe atendimento e recebe a medicação devida, e o médico, para ajudar o paciente no tratamento, naquele primeiro atendimento receita o medicamento, tendo duas opções; ou ele compra na farmácia, ou vai no dia seguinte, desde que seja dia útil, procurar a unidade de saúde mais próxima da sua casa, é do seu bairro.
Acontece que nas unidades de saúde o cliente recebe que faz parte da Farmácia Básica. Ele precisa comprar numa farmácia o que não faz parte da Farmácia Básica. Porém, o cliente, na maioria das vezes entende que é o município tem que fazer a doação de tudo, e na verdade não é assim, pois ele recebe o que faz parte da Farmácia Básica e tem que buscar uma farmácia para comprar o outro medicamento que não é assistido por nós.
Falta de medicamento acontece uma vez ou outra, de algum tipo de medicamento por conta de atraso devido a logística que tem nas empresas que ganharam o certame; mas a gente tem resolvido a maioria dos problemas com relação.

Blog do JP - Quais e quantos são os médicos especialistas que estão atendendo atualmente e em que especialidade?
Secretário Iamax - Nós temos dez especialistas, sendo eles: o doutor Tolentino, que é urologista; o recém-contratado, doutor Luiz Rodolfo, que é neurologista; a doutora Leopoldine Cabral, que é cardiologista; o doutor Leonard Cabral, ortopedista; a doutora Natália, cirurgião obstetra; doutor Hélio Cabral, consulta em geral e ginecologista; o doutor Eduardo, que é anestesista; a doutora Amélia, pediatra; o doutor José Ferreira, psiquiatra e o doutor Renato sahid, que é infectologista. Temos previsão de contratação de um oftalmologista e de um otorrino. Essas serão nossas próximas contratações.
A gente espera a cada dia poder ter um leque maior de especialistas para atender a demanda da nossa população, e contar com a com a retomada da obra do Hospital Regional para que esse sonho se torne realidade um dia. Então, confirmando, hoje são 10 especialistas, e deveremos chegar a 12 dentro de poucos dias.
O prefeito Valmir Climaco, através do deputado Hilton Aguiar, que conseguir uma verba junto ao governo do Estado para realizar um mutirão de cirurgias eletivas de catarata no Hospital Municipal. Por isso, o especialista que nós estamos buscando tem que ser cirurgião para que ele possa sanar esse problema, principalmente nos nossos idosos e de muitas outras pessoas que precisam desse procedimento, e que ele seja realizado na nossa própria sede do município. A secretaria contatou o dr. Marcos Frota, que poderá ser o nome contratado.

Blog do JP – E quanto ao Centro Especializado de Reabilitação, quais são as informações?

Secretário Iamax - Fica localizado na rua principal do Buriti. A gente espera, com a inauguração desse centro, poder atender o maior número de pessoas, ressaltando que na região do Baixo Amazonas e do Tapajós ele é o único que tem, para assistir esses 21 municípios. Esperamos possamos ofertar esse serviço, em breve, para os itaitubenses. Espera-se que possam concluir a obra o mais breve possível, pois os equipamentos, quando estiver tudo no ponto, demorarão de 15 a 20 dias para chegar no município, e que sejam instalados em breve. Até Santarém ficou de fora. Não tem um centro como esse.

Blog do JP – A contratação do psiquiatra, Dr José Ferreira, foi muito cobrada, pois são diversos os casos de pessoas com problemas mentais pelas ruas da cidade. Diminuiu o tamanho do problema? Muitas pessoas já procuraram o CAPs?

Secretário Iamax - Na verdade, nós não temos um leito psiquiátrico em Itaituba. Então, o que é feito quando a gente aborda o paciente que tem problema mentais? Faz-se um acompanhamento no          CAPs, mas, ele precisa de que a família é que faça o procedimento desse tratamento. Ocorre que a família não se assume a responsabilidade por esse paciente. Nosso dever e obrigação é de estabilizar o quadro; só que os parentes não querem ser responsáveis pela continuação do tratamento e o paciente com problema psiquiátrico precisa do acompanhamento contínuo e nós temos o local que é o CAPs, que é o Centro de Atenção Psicossocial, mas, infelizmente, não temos um leito psiquiátrico para que esse paciente fique internado.

Blog do JP – O senhor tem algo mais a destacar?

Secretário Iamax – Por fim, gostaria de ressaltar o esforço do prefeito Valmir Climaco, pela aquisição de um ônibus adquirido com recursos do município, para atender pacientes do TFD, que deve estar chegando; é um ônibus nosso, da secretaria. No futuro, o prefeito será reconhecido como o prefeito que estruturou o sistema, e o ônibus do TFD é um exemplo disso.
Sem falar que o prefeito abrir o processo licitatório, também, para aquisição de um avião para atender pacientes do TFD, levando em consideração que será prioridade deixar esse avião não somente para atender os acidentados de motocicleta, acidentes automobilísticos, mas, também para dar oportunidade ao nosso irmão garimpeiro que vive lá longe, dentro do garimpo, e que às vezes morre por falta de socorro.

O prefeito foi muito incisivo quando disse que os garimpeiros vão te vez no governo dele. Quando precisar de avião nessas pistas de meu Deus, o município vai disponibilizar o avião para socorrer esse irmão, esse garimpeiro que tanto contribuiu com a economia do município.