terça-feira, junho 06, 2017

Acidente na Bunge com morte de funcionário foi assunto na sessão de hoje

A morte do funcionário Michel Fonseca foi outro assunto abordado pelo vereador Peninha, que lembrou que não faz muito tempo que aconteceu um fato semelhante, quando um funcionário da Hidrovias também perdeu a vida.

Ele cobrou providências das autoridades, como Ministério do Trabalho, e até da política, se for o caso, para que as circunstâncias da morte de Michel sejam esclarecidas.

Mais tarde, em seu discurso, o vereador Diego Mota também foi contundente, quando falou de denúncias sobre a não observância sobre as normas de segurança.

Disse que as normas da empresa são rígidas, mas, que nem sempre são seguidas.

Conforme extensa nota que circula no whatsapp, postada por um ex-funcionário, essas normas eram estritamente respeitadas numa gerência anterior, tendo sido negligenciadas em nome da produtividade, o que passou a se constituir em um perigo constante, sobretudo a partir do momento em que profissionais não habilitados para o serviço para a ser utilizados dentro dos silos.

Diego afirmou que teve informações que até pela parte da noite há pessoas trabalhando no interior dos silos.


Ele também criticou o fato da Bunge trazer todo o pessoal que trabalha na área de segurança do trabalho, de fora, deixando os técnicos da área que são de Itaituba alijados.