segunda-feira, maio 01, 2017

Transamazônica continua fechada no km 25

 A BR 230, continua interditada na ponte do KM 25, próximo ao distrito de Campo Verde. 

O fechamento foi feito pelos índios da etnia Munduruku, que fazem algumas exigências ao governo federal para que deixem o local.

Eles se manifestam contrários à Reforma da Previdência, do jeito que o presidente Michel Temer mandou para o Congresso.

Além disso, exigem que o governo para com o desmonte da FUNAI, de modo especial nos centros de apoio que existem nos municípios onde há populações indígenas.

Nesse período de ocupação, a Transamazônica já foi aberta por algumas horas, permitindo a passagem de veículos, mas, foi novamente fechada.

Eles prometem endurecer, caso não sejam ouvidos pelas autoridades de Brasília.

Texto: Jota Parente
Fotos: Diego Gama