quarta-feira, maio 10, 2017

Greve: prefeito ainda vai tentar uma reunião

Imagem relacionadaO blog, depois da veiculação da notícia da definição da greve dos trabalhadores da Educação, o que aconteceu ontem, procurou a administração municipal para saber qual é sua posição.

Mantivemos contato com o prefeito Valmir Climaco, que disse que estava sendo providenciado um ofício para ser endereçado ao SINTEPP solicitando um encontro entre as duas partes para tentar evitar o movimento paredista.

De sua parte o prefeito ratificou a impossibilidade de conceder aumento, pois segundo disse, não existe dinheiro para tal.

Valmir afirmou, que de acordo com os cálculos do momento, até o final deste ano estarão faltando R$ 16 milhões para fechar a conta da Educação. Ou seja, a administração municipal vai ter que se virar para cobrir essa diferença.

Esse rombo nas contas deve-se à diferença entre o que o município vai receber de repasse do FUNDEB e o montante das obrigações para com a Secretaria de Educação.

Sendo assim, pelo jeito, vai mesmo ter greve.