quinta-feira, abril 20, 2017

O dia em que Belém parou depois do assassinato de um cobrador de ônibus

Segundo as primeiras informações, o motivo do crime teria sido traição.
Após protestos, fluxo de veículos é intenso na BR (Foto: Maycon Nunes/DOL)

Um cobrador de ônibus foi assassinado no começo da manhã de hoje, em Belém, supostamente, por um marido traído, que entrou no coletivo para executar o desafeto.,

Depois do crime, motoristas de ônibus de várias empresas, atravessaram seus veículos em ruas estratégicas da capital, bloqueando completamente a passagem.

Perto de meio-dia, havia funcionários de bancos que ainda não haviam conseguido chegar ao trabalho.

Quem encontrava uma brecha por onde daria para passar, era impedido pelos manifestantes.

O clima ficou muito tenso.

Do meio-dia para a tarde a situação foi contornada.

Com informações do DOL