sexta-feira, abril 07, 2017

Celpa Equatorial é acusada de atrasar inauguração de estaleiro em Itaituba

Estaleiro do grupo Eram não foi inaugurado por falta de energia elétrica

 “Quando não é um, é outro que atrapalha os investimentos em nosso Município. Se não bastasse o Governo do Estado, através da SEMAS, está atrapalhando o funcionamento de empreendimentos em Itaituba, agora a Rede Celpa Equatorial entra no rol dos que estão atrapalhando os empreendimentos em Itaituba”, disse o vereador Peninha em seu pronunciamento na manhã de terça-feira no Plenário da Câmara Municipal de Itaituba.

“Recentemente, visitei a implantação de um grande Estaleiro em Itaituba, do Grupo ERAM. Vi de perto o investimento, de mais de R$ 10 milhões que está sendo aplicado ali, porém, o empresário está impossibilitado de dar andamento em sua obra, por falta de energia elétrica fornecida pela Rede Equatorial Celpa”, prosseguiu o edil.

“A empresa elaborou um projeto, que já foi inclusive, aprovado pela Rede Celpa, porém, a concessionária até hoje não ligou a energia, porque a rede de distribuição é incompatível com a carga que o Estaleiro e os demais empreendimentos existentes na Estrada do 53º Bis consumem”, informou.

“Vejam o absurdo, a própria Rede Celpa reconhece sua falha e até hoje, com tantos investimentos chegando a Itaituba e se instalando naquela área, ainda não ter construído uma rede de distribuição em condições de atender aqueles consumidores.

E agora?”, indagou Peninha. “O empresário está com seu investimento empacado, dependendo da Rede Celpa, para colocar em funcionamento. Até quando a empresa vai esperar a construção desta rede de distribuição para atender este consumidor? Quem vai pagar o investimento já feito ali? São perguntas que a Celpa tem que responder”, disse o Vereador. “Estamos deixando de gerar emprego e renda no Município, simplesmente porque a concessionária que fornece energia elétrica não está atendendo a demanda, seus consumidores satisfatoriamente”, concluiu Peninha.

Fonte: RG 15/O Impacto