quarta-feira, março 29, 2017

Peninha quer mão única em quatro travessas importantes para o fluxo de veículos

Ver. Peninha
Mão única em algumas vias importantes de Itaituba, para melhorar o fluxo do trânsito na cidade, é o que requer o vereador Peninha (PMDB).

Ele apresentou cinco projetos de lei nesse sentido.

Travessa João Pessoa, onde se verifica uma das maiores bagunças do trânsito de Itaituba, é um dos pedidos.

Já faz tempo que isso é necessário, e embora no governo passado o assunto tenha sido tratado pelo então coordenador, João Paxiúba, o projeto não saiu da estaca zero.

Na João pessoa, uma via estreita, o tráfego se dá nos dois sentidos, e de quebra, estaciona-se dos dois lados.

É comum um veículo menor ter que esperar sua vez, quando trafega um carro grande em sentido contrário, porque não cabem os dois.

A transformação dessa via em mão única, com o disciplinamento do estacionamento, já devia estar acontecendo há muitos anos, pois já passou da hora.

A travessa Paes de Carvalho, onde fica o Fórum de Itaituba, não tem muitos problemas, a não ser no curto perímetro que vai da Rua Hugo de Mendonça, até a Av. Getúlio Vargas.

Não dá para conviver com tranquilidade com mão dupla naquele pedaço, e por isso, Peninha pede mão única para lá.

Mão única, também, para toda a extensão da travessa Justo Chermont, até a Getúlio Vargas, está sendo requerido pelo edil.

Até a 13 de Maio?
Peninha apresentou um projeto de lei pelo qual quer transformar a travessa 13 de Maio, desde a Getúlio Vargas, por toda sua extensão, em mão única, sentido centro – Cidade Alta.

O blog entende que esse caso merece uma discussão mais ampla, por se tratar de uma via bem larga para os padrões de Itaituba.

Como a travessa Lauro Sodré, da Avenida Fernando Guilhon, sentido centro da cidade, já é mão única, embora muita gente insista em não respeitar, a transformação da travessa Justo Chermont em mão única, com a 13 de Maio continuando com mão dupla é uma possibilidade que não deve ser descartada de pronto, pois isso permitirá um bom fluxo do trânsito.


Tudo deve ser motivo de discussão com autoridades, e sobretudo, com engenharia de tráfego, mas, a inciativa do vereador Peninha é muito positiva.