quinta-feira, março 02, 2017

Ingo Marlos embarca nesta sexta, cedo, para Munique, na Alemanha

Ingo Marlos Batista de Sousa, meu primogênito, está seguindo na manhã desta sexta-feira (03/03) para a Alemanha, onde vai iniciar uma nova etapa de sua vitoriosa carreira profissional.

Graduado em Ciências da Computação, Ingo fez vários cursos de especialização, o que lhe valeu um currículo rico e que tem possibilitado a abertura de muitas portas.

De Santarém, onde se formou na UFPA, pouco tempo depois de formado foi para Manaus, porque tinha projetos que dificilmente seriam alcançados em sua cidade Natal.

Na capital do Amazonas, depois de ralar bastante, Ingo fez concurso e foi aprovado para trabalhar no Sindacta IV, onde por cerca de três anos foi o responsável pelo controle de radares de todo o espaço aéreo da Amazônia Legal.

Seu sonho era morar em Curitiba, porque embora sendo nortista, gosta do frio. Por isso, em 2012 colocou seu currículo na Internet, especificando que aceitaria propostas para a capital do Paraná, de onde recebeu três convites. Lá, trabalhou no HSBC, onde teve oportunidade de aprimorar o seu Inglês, pois passava o dia falando com superiores de Londres. Depois foi para uma empresa de telefonia e de TV a cabo, que recentemente foi comprada pela Telecom.

Em janeiro passado recebeu uma proposta de trabalho de uma empresa de Munique, na Alemanha, que foi aceita assim que ele conversou com diretores da mesma, acertando sua ida para a Europa.

Ingo está indo morar em uma das melhores cidades do mundo para se viver. Está muito feliz e confiante porque essa é a oportunidade pela qual ele tanto esperou e se preparou para agarrar quando ela chegasse.

Ela chegou e ele não a deixou escapar. Chegou porque ele tem dedicado boa parte de seu tempo aos estudos. Foi recompensando pelo esforço.

Como pai, primeiro veio a alegria pela vitória do filho. Agora, embora continue feliz, o coração bate mais forte, já sentindo um pouco de saudade pela distância enorme que vai nos separar. Mas, tenho certeza de que será para seu próprio progresso. E é isso que mais interessa. Sua esposa Sueline seguirá depois, ainda no primeiro semestre.

Eu e seus irmãos, Glenda, Raoni e Parentinho, sentiremos saudades, sim, mas, a satisfação por essa conquista não tem preço, nem palavras que descrevam exatamente o que sentimos.

Tudo que desejamos é que você seja imensamente feliz, Ingo Marlos.


Boa viagem.

JParente, Ingo, Glenda, Raoni e Parentinho, na frente.