sexta-feira, março 31, 2017

As manifestações não fizeram o barulho que se esperava

Os atos públicos da semana passada tinham uma enorme relevância para a população, pois abordaram temas cruciais para a vida do itaitubense; mas lamentavelmente a participação popular ficou muito abaixo do que se esperava.

Isso mostra que a população, mesmo sofrendo na pele os efeitos da violência e da falta de atendimento médico especializado, prefere ficar olhando de fora os acontecimentos sem se envolver.  


Essa aversão em participar de manifestações de interesse coletivo é um comportamento típico do itaitubense, e se reflete até dentro dos sindicatos e entidades classistas.

Um exemplo, são as assembleias quase sempre esvaziadas pela falta de interesse das pessoas em defender os seus direitos.

Passadas as manifestações, sem que o barulho das ruas fosse capaz de causar uma repercussão maior no meio político, o governo continua tapeando a população com as mesmas desculpas.

No caso do Hospital Regional do Tapajós, o governo diz que vai entregar essa obra na metade do ano de vem.

Essa é mais uma promessa sem nenhuma garantia de que isso vai realmente acontecer; e enquanto o hospital Regional não entra em funcionamento, diariamente, entre quarenta e cinquenta pacientes, precisam se deslocar para Santarém em buscar de atendimento médico especializado.

Já na questão da segurança pública, a resposta que veio foi ainda mais evasiva; em vez de reconhecer o problema e apresentar medidas para inibir a audácia dos bandidos, a sugestão de algumas autoridades policiais é que a população reveja seus hábitos de vida noturna para diminuir a quantidade de crimes.

Essa é uma sugestão surreal; a população deixar de se divertir por causa da bandidagem.

Isso é o mesmo que querer criminalizar a vítima, mas como a população não abre a boca para reclamar, nada vai mudar, e as demandas da população itaitubense nunca vão estar entre as prioridades do governo.

Jornalista Weliton Lima

Comentário do telejornal Focalizando, quinta-feira, 30/03/2017