sexta-feira, fevereiro 17, 2017

Vereadores são presos em operação da Polícia Civil no interior do Pará

Vereadores são presos em operação policial (Foto: Divulgação)A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (17) cinco pessoas suspeitas de envolvimento em um esquema de corrupção imobiliária no município de Mãe do Rio, no nordeste paraense. Entre os presos, há vereadores e ex-servidores públicos.

A ação faz parte da 3ª fase da operação Iara, que apura fraudes na aprovação do projeto de expansão urbana do município. Onze vereadores foram apontados como integrantes do esquema criminoso. Outros dois empresários já haviam sido presos em outras etapas da ação.

Entre os presos, estão Nilton Cezar Alves de Sousa, conhecido como "Aranha", ex-presidente da Câmara de Mãe do Rio; Heber Pantoja de Sousa, vereador; Antônio Carlos Tulio, ex-vereador, polícial rodoviário federal e atual secretário de Meio Ambiente; Noélia Alves de Sousa Peres, irmã do ex-presidente da Câmara; e Miguel Linhares, ex-servidor da Câmara.


Segundo a investigação, vereadores do município teriam recebido indevidamente lotes no Residencial Ipiranga pra aprovarem o projeto de lei de expansão urbana de Mãe do Rio em que se inseria o citado loteamento.
Além do crime de corrupção, os sócios do loteamento praticaram o crime de parcelamento irregular do solo, ao comercializarem terrenos no loteamento sem possuir registro em cartório de imóveis.

(DOL)