segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Acidente com uma morte na Travessa São José, entre Sétima e Oitava ruas, na Cidade Alta

Caminhonete teria tentado desviar de uma moto e acabou capotando

            Roniervem Soares da Silva, 37 anos, pilotando uma Hilux capotou por volta das quatro horas da tarde de hoje. Ele morreu no local.
            Segundo informou uma testemunha ocular do acidente, a camionete estava em alta velocidade.
Devido à violência do choque, a caminhonete Toyota Hilux ficou tombada na margem da avenida São José.
Segundo testemunhas, o acidente aconteceu depois que o motorista tentou desviar de uma moto e acabou capotando pelo menos três vezes.
Duas "puxadas" de residências foram destruídas pelo carro desgovernado.
O passageiro não falou de alta velocidade, mas conta que não foi possível evitar o capotamento, que aconteceu por volta das 16h00 desta segunda-feira (27), na travessa São José, entre 7ª e 8ª Ruas, bairro Bela Vista.
Jocevaldo Lopes Duarte informou que ele e o amigo estavam a caminho de uma oficina quando a morte apareceu de súbito. "Não teve como evitar, e a caminhonete capotou", disse.
Jocevaldo estava de passageiro na caminhonete.
Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para o local, mas não havia nada a ser feito pelo motorista, que não resistiu e morreu no local.
Roniervem Soares da Silva, que completou 37 anos no último dia 22, estava indo para uma oficina quando aconteceu o acidente. +
Uma guarnição da PM também esteve no local para controlar o tráfego e isolou a área para evitar o aglomerado de curiosos.
Segundo o sargento da PM, a presença de algumas garrafas de cerveja quebradas levanta a suspeita de embriaguês alcoólica, mas essa informação só será confirmada após o exame de necropsia.
Policiais Militares e Bombeiros compareceram ao local, mas pouco havia a ser feito, apenas controlar o trânsito, que ficou congestionado.
A caminhonete ficou tombada, completamente destruída. À primeira vista, somente os pneus poderão ser aproveitados.
Partes de residências foram atingidas pela Hilux.
            Parentes da vítima também chegaram ao local pouco depois do acidente, desesperando-se ao chegar perto do corpo de Roniervem, que ainda estava dentro da caminhonete.
A remoção foi feita por uma equipe do IML.
Segundo o blog do Jota Parente apurou, a vítima fatal trabalhava na empresa Souza Cruz, em Santarém, tendo vindo a Itaituba para visitar a família no final da quadra momesca.

Fonte: Mauro Torres
Edição de texto: Jota Parente