terça-feira, janeiro 17, 2017

Repórter da GloboNews é agredida ao vivo

Por volta de 23h10 (horário de Belém) da última segunda-feira (16), a repórter Larissa Carvalho, da Globo News, foi agredida ao vivo quando falava da rebelião em um presídio em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). Larissa comentava o caso o "Jornal GloboNews – Edição da Meia-noite".
A suspeita é que a companheira de um detento tenha avançado contra a jornalista. A reportagem foi interrompida e a imagem voltou para o estúdio.
Alguns minutos depois Larissa retornou, protegida por policiais, para informar que estava bem. "Está tudo bem. Foi um susto, mas tá tudo bem, sim". A agressão, segundo o seu relato, ocorreu depois que alguns parentes de presos não concordaram com uma informação que ela havia dado — de que, conforme a PM, não há feridos dentro do presídio.
Ainda segundo Larissa, a presença de uma ambulância se explicaria pelo excesso de fumaça dentro do local, o que pode ter causado intoxicação em algum preso. A jornalista informou também que o número de presos em Ribeirão das Neves é o dobro da capacidade da prisão.