quinta-feira, janeiro 26, 2017

Moradores de Novo Progresso ameaçam fechar a BR% 163 em ato contra MP 756

  Moradores da cidade de Novo Progresso, sensibilizados com os proprietários de áreas em torno da Flona Jamanxim, APA e PARNA, que a MP 756- (Medida Provisória) editada e assinada pelo Presidente Michel Temer (PMDB), no fim do ano passado, excluiu a área branca no entorno e aumentou a APA (área de preservação Ambiental) e ampliou o Parque do Rio Novo, a medida não foi bem aceita pelos envolvidos.

Cartilha Divulga dados da MP.
Explicam os líderes do movimento que o município de Novo Progresso vem perdendo áreas produtivas para as áreas de preservação ambiental, gerando prejuízo enorme para o município.

“Além dos produtores rurais, à mineração (garimpeiros) estão perdendo espaço, argumentam as lideranças no município”.

Nessa semana lideranças de movimentos sociais de Novo Progresso e de entidades representativas se deslocaram até Brasília onde estão apresentando emendas para serem protocoladas na comissão do Congresso Nacional que vai apreciar se veta ou não a MP 756/758. O prazo final encerra dia 06 de fevereiro de 2017.

Uma cartilha está sendo divulgada para explicar o que a comissão pretende e quais as modificações foram afetadas com a MP.

Enquanto os representantes da sociedade progressense se mobiliza em Brasília com os deputados federais, senadores e a presidência da República, em Novo Progresso a população se une para fazer um manifesto em apoio ao movimento e cogitam fechar a rodovia BR -163.

A data, local e como funcionará o manifesto ainda está sendo discutido pelas lideranças, que devem fechar a rodovia nos próximos dias.

Fonte: Folha do Progresso