segunda-feira, janeiro 23, 2017

Itaituba deixa o Consórcio Tapajós

Foto do perfil de Consórcio Dos Municipios Do Tapajós, Nenhum texto alternativo automático disponível.Documento protocolado com assinatura do prefeito Valmir Climaco oficializou a saída do município de Itaituba do Consórcio Tapajós, que reúne os municípios a serem de alguma forma afetados pelas hidrelétricas previstas para serem construídos no rio Tapajós. 

O motivo é para cortar despesas. 

Cada município membro desconta 1% do ICMS, que gira em torno de R$ 15 mil, no caso de Itaituba. Como Valmir está cortando tudo quanto é despesa que pode, decidiu que não é interessante para Itaituba continuar fazendo parte.

Embora em valores atuais isso represente uma economia de R$ 180 mil, a conta não deve ser feita levando apenas isso em consideração.

Até que ponto essa economia favorecerá o município de Itaituba, levando-se em consideração que o Consórcio Tapajós vive um novo momento, no qual uma nova coordenação tendo à frente o ex-prefeito Nery Prazeres sinaliza com a possibilidade de uma atuação agressiva, visando a fazer gestões junto a Belém e a Brasília em favor desses municípios?

O Consórcio Tapajós, certamente sentirá falta da participação de Itaituba, porque é um município polo, mas, é provável que Itaituba também sinta falta por estar fora.