domingo, janeiro 29, 2017

Informe JC da edição 226

Começo a mil
É normal no começo de toda nova administração, o gestor se esforçar para mostrar serviço. Nesse particular, o prefeito Valmir Climaco está cumprindo o que disse durante a campanha eleitoral e repetiu em entrevistas após sua vitória: está limpando a cidade, que estava imunda, e está tapando os buracos das vias asfaltadas.

Buracos
Na pressa para fazer o máximo no mínimo de tempo, algumas vias onde foi feito o trabalho, já estão com algumas partes esburacadas, e são os mesmos buracos. Isso ocorreu porque, provavelmente, talvez houvesse ainda alguma umidade nos locais consertados, pois choveu muito no começo do mês, quando a operação tapa-buracos foi realizada. E estando úmido o solo, o asfalto não adere ao local como deveria. De qualquer forma, é dinheiro jogado fora.

Abacaxizal
Se em Itaituba, Eliene deixou uma herança maldita para Valmir, gerada em seu governo, passando de R$ 41 milhões, entre diferença de desconto em folha e recolhimento a menor junto ao INSS e com a Celpa, em Santarém, Alexandre Von omitiu de seu sucessor Nélio Aguiar, um buraco de R$ 98 milhões que assim como ocorre aqui, lá também complica a nova administração. Como sê, muitos dos prefeitos que saíram, evitaram falar para seus sucessores sobre o abacaxizal que plantaram para os que vieram depois.

Melhor do mundo
O supercraque Falcão, recebeu um prêmio especial da Fifa pela trajetória no futsal. O jogador de 39 anos foi homenageado na noite dos melhores do mundo, no dia 9 de janeiro deste ano. Ele foi eleito pela Fifa o melhor jogador de futsal do mundo em quatro oportunidades: 2004, 2006, 2011 e 2012. Além disso, o brasileiro é o maior artilheiro da história dos Mundiais, com 48 gols. Falcão é considerado o maior jogador de futsal de todos os tempos, e Itaituba vai ter oportunidade de vê-lo no dia 15 de fevereiro.