terça-feira, dezembro 20, 2016

Eleitora aconselha vereador que não se reelegeu: faça igual aos outros

Um entre os nove vereadores que não conseguiram se reeleger, ainda engasgado com o resultado das urnas, recebeu um conselho de uma eleitora, uma senhora de mais de 60 anos.

Trata-se de uma cidadã entre os milhões de brasileiros desencantados com quase tudo e com quase todos. Principalmente quando o assunto é política, e os políticos.

“Vereador, o senhor sabe que eu votei no senhor. Mas, o senhor não ganhou. Por favor, faça igual a tantos outros fazem; compre votos; deixe de ser besta, porque o eleitor é safado”.

Toda generalização, quase sempre é injusta, pois no meio de um monte de joio, tem um bocado de trigo bom.

Essa conversa foi repassada para o blog, palavra por palavra, na sessão solene de hoje.

Por questões óbvias, o blog não vai, jamais, revelar o nome do quase ex-vereador.

Em tempo: na primeira sessão após as eleições de outubro passado, a vereadora Célia Martins fez uma afirmação que surpreendeu, a qual foi publicada por este blog e pelo Jornal do Comércio.

Na ocasião, Célia disse que, embora tenha sido contra a compra de votos a vida toda, depois dessa eleição chegou a conclusão que, se tivesse dinheiro, teria comprado votos, depois do que viu.

A afirmação dela foi tão forte, que um itaitubense que mora no sul do país comprou um exemplar do Jornal do Comércio para mostrar para seus amigos, porque mal podia acreditar no estava lendo.

E assim caminha a política no Brasil, pois isso não é coisa inventada aqui por estas plagas.