sexta-feira, novembro 11, 2016

Nome do vereador João Paulo é dos mais cotados para a secretaria de Agricultura do próximo governo

Valmir esconde o jogo,
mas, João Paulo poderá
ser o secretário de Agricultura
Foto: Jota Parente

Vereador João Paulo,
cotado para a secretaria
de Agricultura
Foto: Jota Parente
Já faz uns bons dias que o nome que o nome do vereador João Paulo Meister vem sendo citado nas conversas do prefeito eleito Valmir Climaco a respeito da montagem do seu secretariado.

Bem mais comedido do que antes, Valmir não afirma para ninguém que o vereador petista será o ocupante da pasta da Agricultura em seu governo.

Entretanto, quando se tratam de conversas particulares, Valmir não esconde sua simpatia por João Paulo, que é uma pessoa muito conhecida e bem respaldada no interior do município, além de ser um técnico da área, muito competente.

Contra ele pesa o pecado original de seu partido, o PT, ter decido acompanhar a prefeita Eliene Nunes na eleição de 2 de outubro passado, contra sua vontade.

O diretório decidiu por apertadíssima margem de votos, que iria com a então candidata Eliene, enquanto quem votou contra, preferia a candidatura de Valmir. Inclusive João Paulo sempre teve muito mais simpatia pelo nome do prefeito eleito, mas, como integrante do PT, não poderia ir de encontro ao que a maioria decidiu. Por isso, fez praticamente uma campanha solitária, na qual foi bem votado, mas, não o suficiente para renovar seu mandato.

Perguntado pela reportagem do blog, ontem, se já bateu o martelo nesse assunto, Valmir sorriu, desconversou, mas, não sem antes dizer nas entrelinhas que de fato João Paulo é um bom nome para o cargo.

Logo depois de terminada a eleição, o nome do radialista Antônio Kaiser chegou a circular numa pretensa relação de nomes de prováveis futuros secretários do próximo governo.

A seu favor pesa a simpatia, e ótima relação que tem com o pessoal do interior e a campanha de colegas que trabalharam com ele na recém finda campanha, na qual apoiou Valmir.

Contra ele pesa o fato de não ser um técnico da área da agricultura, diferente de João Paulo.