sábado, setembro 17, 2016

O papel da contabilidade nas empresas

           Zadoque Freitas - No atual cenário mercadológico, as organizações necessitam de maiores cuidados, no que se refere, ao processo de crescimento estrutural e com dimensões patrimoniais bem mais definidos. Não adianta a empresa pensar em apenas legalizar-se, com a possibilidade de servir as exigências do fisco. Precisa trabalhar para fazer investimentos de aplicação patrimonial capaz de garantir a manutenção das atividades operacionais do negócio.
            A contabilidade é uma ciência que desenvolve técnicas capazes de fornecer informações relevantes para o processo decisório dos interessados em investir na empresa. Diante disso, as informações contábeis têm caráter de gestão responsável, pois está intimamente ligado ao objeto principal da organização, o patrimônio.
            Nenhuma empresa está isenta de contabilidade, com isso, aprendemos que desde o nascimento da empresa até o falecimento, a contabilidade está presente. A função contábil se resume na obrigação de fornecer dados sobre a entidade econômico-administrativa, a fim de que o gestor dos negócios tome a melhor decisão.
            A contabilidade tem como definir e planejar situações futuras para o empreendimento, a partir dos demonstrativos contábeis, que representam a fotografia do sistema organizacional.
            O universo contábil tem ganhado cada vez mais espaço, haja vista grandes números de empreendimentos estarem se lançando no mercado, neste aspecto é importante, a inter-relação de contador e gestor. A visão sistêmica dos processos contábeis desvenda o profissional da contabilidade como corresponsável pelas informações de natureza qualiquantitativa, viabilizando assim, horizontes geradores de conhecimentos e a realização de novas ideologias de grande valor para a empresa.
            O Contador tem uma grande representatividade na função do crescimento e desenvolvimento empresarial, tem um papel bem definido, características indiscutíveis, a fim de formalizar um trabalho com zelo, responsabilidade, ética e dinamismo, buscando salvaguardar os fatos geradores precisos para a informação contábil.
            Ser profissional contábil no mundo hodierno significa estar preparado para enfrentar o mercado, buscando a educação continuada com o objetivo de alcançar um diferencial competitivo. O mundo moderno não admite mais profissional “guarda livros” exige-se sempre maior esforço destes, para os trabalhos de assessorias e consultorias dentro das empresas.
            Os recursos tecnológicos têm ajudado a contabilidade nesse fabuloso sistema globalizado, a busca por novas tendências de mercado tem aumentado, o campo de aplicação apresenta-se em maior diversificação. 

Artigo publicado na edição 219 do Jornal do Comércio, que circula desde ontem à noite