terça-feira, agosto 16, 2016

Estamos esperando que a Câmara volte, de fato

Desde que voltaram a acontecer, há duas semanas, tem sido preciso muita paciência, ou não ter nada melhor para fazer, para aguentar uma sessão inteira da Câmara Municipal de Itaituba. Tem sido uma chatice só.

Já faz tempo que eu acompanho as sessões da Câmara, mas, a julgar por esse começo do segundo período de 2016, a Imprensa não vai ter muito que fazer por lá, nem os minguados frequentadores terão razão para continuar indo.

Esperava-se que melhorassem os debates, e que houvesse elevação no nível dos discursos. Infelizmente isso não aconteceu. Muito pelo contrário, até agora, piorou.

Os discursos estão cada vez mais insossos, quando não, tem a finalidade de atingir o colega de parlamento.

Cada vez mais, menos pessoas vão à Câmara para assistir às sessões. O mesmo acontece com a Imprensa, que se afasta porque o Legislativo já não está oferecendo boas pautas.

O vereador Isaac Dias, por exemplo, semana passada, e hoje, escolheu o vereador Peninha para dirigir enfurecidos discursos contra o mesmo, não tendo sido possível depurar qual é o objetivo do edil do PSB, que em seus melhores momentos tem sido uma voz firme e sensata n o parlamento, na defesa de temas relevantes para a vida do município de Itaituba.

Não foi o caso dos dois mais recentes discursos dele.

Se não melhorar a produção do legislativo, os vereadores vão acabar falando somente para eles mesmos.