domingo, agosto 28, 2016

Santarenos lamentam falecimento de ex-jogador e técnico Lúcio Santarém

Lúcio Santarém, técnico do São Raimundo (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)morte do ex-jogador e técnico de futebol Lúcio Santarém foi uma dolorosa surpresa nas primeiras horas do sábado (27). Vários amigos e jogadores que já tiveram a oportunidade de conviver com o desportista lamentaram sua partida. Clubes santarenos também se manifestaram em solidariedade à família de Lúcio.

G1 Santarém - Comentarista esportivo e amigo pessoal de Lúcio Santarém, Paulo Tihamer acompanhou parte da trajetória do ex-atleta no mundo do futebol. Ao GloboEsporte.com Tihamer lamentou a perda e falou sobre contribuição do desportista ao futebol santareno.

- Quando Lúcio voltou a jogar no Brasil, ainda atuou no XV de Jaú, Alecrim, Rio Negro e no Fast, do Amazonas, onde sofreu um grave acidente de transito quando retornava de uma partida em Itacoatiara. Na ocasião ele foi o mais afetado, ficou preso às ferragens e até hoje muitas pessoas acham que ele faleceu naquela ocasião.

Lúcio também foi o primeiro treinador campeão da Série D, em 2009, quando comandou o São Raimundo. Em algumas conversas eu comentei que ele não morreu por que tinha uma missão, ou algumas missões, ainda a cumprir na terra, o que de fato se concretizou. Além do título do Brasileirão, o Lúcio tem uma filha, a quem era muito apegado. Com certeza ele marcou muito, não somente pelo que fez no esporte santareno, mas como pessoa, pelo ser humano. O cuidado que ele tinha com o Estádio Colosso do Tapajós também marcou, ele cuidava do estádio como se fosse um bem dele. A cidade está em luto – falou Tihamer.

Ney Bendelack também esteve presente na rotina de trabalho de Lucio Santarém nos últimos anos e comentou 

- É uma perda muito grande para o esporte e para a nossa cidade, o Lúcio é uma referência no futebol brasileiro. Ele é um exemplo, também, de superação após se recuperar de um grave acidente que sofreu. Meu pai tinha uma amizade muito grande com ele, eram da mesma época de futebol, agora vamos manter viva essa imagem e esse legado que o Lúcio deixou para nossa cidade – comentou Bendelack.

Clubes santarenos se unem em solidariedade pela morte de Lúcio
Além da Prefeitura de Santarém, que encaminhou nota em solidariedade à família e amigos do desportista, os clubes santarenos também lamentaram a morte do ex-técnico e jogador de futebol.

O Tapajós reconheceu a contribuição de Lúcio no esporte paraense em nota e informou que a partida entre Tapajós e Velosão, válida pela final da Copa Saudosa Vera Paz, foi adiada para que os atletas e comissão técnica possam prestar suas homenagens ao desportista em seu velório.

A diretoria do São Raimundo divulgou uma nota e informou que foi decretado luto de três dias em decorrência do falecimento do professor Lúcio Santarém, técnico que conquistou o maior título do Pantera Santareno. Foi ao comando de Lúcio que o time se sagrou campeão brasileiro da Série D, em 2009.

Jogadores prestam homenagens
Nas redes sociais, os jogadores que já tiveram a oportunidade de atuar sob o comando do técnico Lúcio Santarém também prestaram homenagens e lamentaram sua morte.

Caçula foi comandado por Lúcio no São Francisco, e em seu perfil comentou abalado sobre a morte do professor.

- Todos temos tempo determinado por Deus, o seu chegou Lucio Santarém. Aprendemos muito com você, amigo, parceiro e professor. Só tenho a agradecer pelo tempo que passamos e pelas oportunidades que tivemos no São Francisco, foi bom trabalhar com você. Muito obrigada, descanse em paz – dizia a postagem.

Evair Santos, zagueiro que fez parte do plantel alvinegro que foi comandado por Lúcio Santarém também encaminhou mensagem de solidariedade aos familiares.

- Meus pêsames aos familiares do grande ex-jogador e meu ex-treinador que tive o privilégio de trabalhar no futebol. Muito obrigado por tudo Lucio Santarém. Vá com Deus, guerreiro! – comentou.

Marcelo Pitbull, foi campeão brasileiro da Série D em 2009 quando o treinador comandou o São Raimundo. Em seu perfil, o ex-atleta, também prestou homenagem ao ex-treinador.

- Gostaria aqui de agradecer grandemente a pessoa que foi como amigo, professor e como pai para mim no futebol. Embora as palavras não apaguem o sofrimento que estamos sentindo, envio meus sinceros pêsames acompanhados de desejos de forças para enfrentar essa adversidade – disse.

O ex-técnico morreu neste sábado (27) após sofrer um infarto. O corpo de Lúcio Santarém está sendo velado em sua residência, localizada no Beco José Almeida, entre as avenidas Dom Frederico Costa e Rosa Passos no bairro da Prainha.