quinta-feira, agosto 18, 2016

Capitania dos Portos abriu inquérito para descobrir causa do naufrágio no qual morreram três pessoas

Emerson Joab, um dos que morre-
ram no naufrágio
Foto: blog Tribuna Tapajônica
A Delegacia da Capitania dos Portos, de Santarém, que tem marcado presença constante em Itaituba e adjacências, abriu inquérito para apurar as causas do acidente que resultou na morte de três pessoas, no começo desta semana, no Rio Tapajós.

O acidente aconteceu entre a comunidade do garimpo do Penedo e a boca do igarapé do Bom Jardim.

O prazo estabelecido para encerramento do inquérito é de 90 dias, mas é possível que o resultado saia antes.

O acidente – Tratava-se de uma canoa de madeira, tamanho médio, com motor rabeta, a qual levava quatro pessoas.


Quando a canoa afundou, segundo informações, somente o piloto conseguiu segurar-se em um carote de combustível, que flutuou e possibilitou que ele se salvasse, vindo os outros três ocupantes a morrer afogados.