segunda-feira, julho 11, 2016

Assassino frio e calculista, indígena disse: "queria matar e matei, mataria de novo, não me arrependo": Raulison Munduruku

 Raulison Paigó Munduruku, de 21 anos, apesar da pouca idade, mas já tem dois homicídios nas "costas", um em Itaituba e outro em Jacareacanga.
Um elemento considerado de alta periculosidade, frio e calculista, assim pode se "desenhar"; Raulison Paigó Munduruku de apenas de 21 anos de idade, com traços indígenas, que já morou no município de Jacareacanga e hoje mora em Itaituba, mas precisamente no distrito de Miritituba.

Raulison já cumpriu pena no presidio de Itaituba por homicídio. O primeiro crime cometido por Raulison aconteceu no município de Jacareacanga no dia 10 de Agosto de 2013. 

O homicídio aconteceu na madrugada de sábado, 10, por volta das 2 horas.

Segundo informações repassadas a nossa reportagem, foi de que, Israel Monteiro da Silva, (vítima), estava em uma festa. Ao sair do local foi seguido e abordado por quatro jovens, três maiores e um menor de idade.  

Na abordagem os jovens teriam tentado roubar Israel Monteiro, que devido estar um pouco bebido tentou reagir, mas na confusão ele foi atingido com uma facada na altura do peito, atingindo seu coração, não resistiu à gravidade do ferimento e veio há falecer pouco tempo depois. (Blog do Júnior Ribeiro)