segunda-feira, maio 02, 2016

Climafrio faturou o ponto de bonificação e Garota Copa Ouro é do Trovão

          A chuva chegou ameaçando empanar o brilho da festa de abertura da 10ª edição da Copa Ouro, ontem, mas, terminou ajudando, na medida em que tornou o clima muito mais agradável no interior do ginásio poliesportivo de Itaituba.
          O evento começou com pouca gente na principal praça de esportes do município, mas, ao poucos o público foi crescendo, até quase lotar as arquibancadas.
          Abrindo a solenidade, as autoridades e chamadas as oito escolas que disputarão a Copa Ouro Estudantil, conhecida como Copinha, seguindo-se a entrada das equipes da Copa Ouro principal.
          Climafrio, atual bicampeão, Hay Fay, Trovão Azul, Madeireira Angelim, Ultragaz/Gato Preto, Oficina Pereira/Genasc, A Manauara e Cálculos mostraram seus astros que durante um pouco mais de um mês serão as principais estrelas desse grande espetáculo que atende pelo nome de Copa Ouro, competição conhecida nos dias de hoje por todos os quadrantes do Brasil.
          Após a execução do Hino Nacional, as equipes deixaram a quadra, dando lugar a uma bela apresentação artística, seguindo-se o pronunciamento das autoridades, que foi breve. Falaram apenas a secretária de educação, Usalda de Miranda, o diretor-presidente do Grupo Tapajoara de Comunicação, Wilmar Freire a prefeita Eliene Nunes.

Em seguida, os presentes tiveram oportunidade de contemplar a beleza da mulher itaitubense, transformando a quadra de jogo do ginásio em uma passarela por onde desfilaram, primeiro, as representantes das escolas que disputarão a Copinha e depois, as representantes das oito equipes da Copa Ouro principal.

Vitória Sousa, da Escola A Mão Cooperadora foi a terceira colocada no concurso entre as escolas, ficando Líbia Gaspar, da Escola São Francisco das Chagas em segundo lugar.

A vencedora, a Garota Copa Ouro Estudantil foi Misciane da Silva Costa, da Escola Isaac Newton.

As torcidas das equipes vibraram muito com o desfile das garotas que representavam cada uma das agremiações, e os jurados tiveram que analisar com muita atenção para não cometerem injustiças, conquanto o nível das correntes foi muito elevado.

A representante da A Manauara, a garota Mayumi Naiara ficou em terceiro lugar.

A segunda colocada foi Jéssica Lopes, do Hay Fay.

Depois de conhecidas as garotas que ficaram em segundo e terceiro lugares, não houve nenhuma surpresa com o anúncio daquela que foi escolhida como Garota Copa Ouro 2016, pois Tayane Birro, do Trovão Azul estava entre as favoritas, favoritismo que ela confirmou com a conquista do título.

Enfim, chegou a hora de a bola rolar, pois a torcida não aguentava de tanta expectativa para ver em ação suas equipes, sendo que a maioria, ou não estava ainda completa, pois há diversos jogadores que ainda estão chegando, ou não utilizaram força máxima.

No primeiro jogo, aconteceu a vitória do Cálculos sobre A Manauara por 1x0, gol assinalado pelo goleiro Labilá.

Trovão Azul e Hay Fay agitaram a galera no primeiro confronto entre os dois maiores rivais e donos das duas maiores torcidas, e a equipe azulino não encontrou resistência de parte do time laranja, derrotando-o por 3x1, com dois gols de Edinho e um de Som, descontando Romarinho.

Quem também não encontro dificuldades em seu primeiro jogo foi o bicampeão Climafrio, que meteu 3x0 na Madeireira Angelim, gols de Jorginho (2) e Filipinho.

Na quarta partida, a Oficina Pereira/Genasc eliminou o time do Ultragás/Gato Preto vencendo por 2x1, marcando Eder e Serra, enquanto Andrezinho descontou para o Gato Preto.

A quinta partida foi mais um clássico dessa décima edição da Copa Ouro, entre Cálculos e Trovão Azul, na qual os dois times fizeram um jogo muito equilibrado, que terminou em 0x0 nos 15 minutos regulamentares, sendo o único decido nas cobranças da marca do pênalti.

Venceu o Trovão, que converteu sua cobrança com Wendel, enquanto o Cálculos desperdiçou a sua.

Climafrio e Oficina Pereira/Genasc fizeram a sexta partida, vencida pelo Climafrio por 1x0, gol de William.

Mais um clássico na decisão, que teve um intervalo de dez minutos entre a penúltima partida e o jogo final, durante o qual uma garotada na faixa dos seis aos dez anos, de Miritituba, fez uma apresentação que mexeu com as torcidas.

Jogo equilibrado, com propostas diferentes, foi o que apresentaram Trovão Azul e Climafrio.

De um lado, Climafrio, comandando pelo experiente Sassá, time que manteve a base vitoriosa do ano passado, muito bem entrosado e partindo para cima do adversário, sem descuidar da defesa. Do outro lado, o Trovão Azul do competente treinador Jackson Cearense, que preferiu jogar fechadinho, explorando os contra ataques.

As oportunidades surgiram para ambos os lados, mas, os dois goleiros brilharam, e somente quando faltavam 20 segundos para terminar a decisão, numa infelicidade do goleiro Vagner do Trovão Azul, que se chocou com seu companheiro de equipe, Som, surgiu uma oportunidade de ouro para Alcides, que livre de marcação teve tranquilidade suficiente para tocar para dentro do gol.

Como no torneio início o cronômetro corre direto, só parando quando é pedido tempo por algum treinador, com apenas 20 segundos para o final, foi só administrar para o Climafrio faturar o ponto de bonificação que o regulamento estabelece para o campeão do torneio de apresentação.

Deixaram uma impressão muito boa, Climafrio, Trovão Azul, Cálculos, Oficina Pereira e A Manauara um pouco mais abaixo. Ficaram devendo, Madeireira Angelim, Ultragás/Gato Preto e Hay Fay, que não colocou força máxima.

Torcedores supersticiosos, do Hay Fay, comentavam depois do final, que embora não tenham gostado da apresentação do time no torneio início, e logo contra o maior rival, saíram aliviados pelo fato da equipe não ter vencido, nem o Garota Copa Ouro, nem o torneio de apresentação, porque toda vez que a nação laranja ganhou um dos dois, mesmo chegando à final, não conseguiu conquistar o tão sonhado primeiro título.

Festa bonita, com algumas mudanças na área externa, mas que faz parte da área do ginásio, por exigência do setor de segurança pública.

De parabéns o Grupo Tapajoara de Comunicação, que juntamente com a prefeitura promovem esse grande evento esportivo.

Amanhã já tem bola rolando, começando com Joaquim Caetano Correa e São Francisco das Chagas pela Copinha.

A primeira rodada da Copa Ouro terá dois jogos entre as equipes da competição principal.

Primeiro jogo: Climafrio x Ultragás/gato Preto

Segundo jogo: primeiro clássico da copa na fase de classificação, entre Hay Fay x Cálculos.


As lentes do blog e do Jornal do Comércio registraram tudo, com fotos de Jota Parente.