quarta-feira, março 02, 2016

Vereador se queixa da grosseria de um engenheiro do governo do estado da obra do Hospital Regional

Obra do HRT, em Itaituba
O vereador Iamax Prado relatou para o blog o teor de uma conversa que teve ontem por telefone, com o engenheiro Paulo Henrique, que representa o governo do estado na obra do Hospital Regional do Tapajós.

Iamax disse que ficou surpreso com o tom adotado pelo engenheiro, em uma conversa que tinha tudo para ser tranquila.

Depois de identificar-se como vereador de Itaituba, foi perguntado pelo engenheiro a que partido Iamax era filiado e quem ele apoiava.

Ele respondeu que isso não vinha ao caso, porque o que estava querendo era ter acesso a algumas informações a respeito da obra do HRT.

O engenheiro Paulo Henrique respondeu que se o edil quisesse saber alguma coisa dessa obra, que enviasse ofício ao governo do estado. Em seguida, desligou seu telefone.

Iamax disse na tribuna, na sessão de hoje, na Câmara, que foram demitidos mais 17 trabalhadores, ontem, e que agora só restam 14 pessoas, a maioria do setor administrativo, as quais também deverão ser demitidas.

A pedido dos vereadores Iamax Prado e Peninha, a Câmara vai enviar ofício para o governo do estado e para a ALEPA, pedindo que o governo retome os trabalhos de construção.

Aos deputados a Câmara vai pedir o empenho deles para pressionar o governo estadual para a continuação da obra do Hospital Regional do Tapajós.