segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Mais uma morte no trânsito envolvendo motos

A diferença entre permanecer vivo e morrer em um acidente de moto pode estar no uso do capacete

Kely Barbosa dos Santos, de 33 anos de idade, morreu em um acidente de trânsito na noite de sábado.

O acidente aconteceu próximo ao clube Boteco do Fabão, por volta das dez e meia da noite, quando duas motos se chocaram.

Kely, que estava na garupa de uma das motos, que segundo informações apuradas pelo blog, estava sem capacete, no momento do choque foi arremessada a alguns metros, tendo batido a cabeça no asfalto com violência.

Como consequência, teve morte imediata.

Quando os socorristas do Corpo de Bombeiros chegaram, ela já estava morta.

Em Itaituba é comum ver motociclistas e caronas sem capacete, com o capacete colocado apenas parcialmente, sem abaixá-lo até a altura do queixo, ou então, com o capacete colocado corretamente, porém, sem que o cinto que o prende à cabeça esteja devidamente afivelado.


O resultado quando ocorre acidente é que essas pessoas sempre se machucam muito mais do que quem usa o capacete corretamente.