quarta-feira, fevereiro 17, 2016

Fora do PPS, vereador Orismar não sabe a que partido se filiará

O vereador Orismar Gomes não pertence mais aos quadros do PPS.

Sua situação dentro do partido se complicou por conta de sua decisão de apoiar as candidaturas de Wescley Tomaz para deputado estadual e Nélio Aguiar para deputado federal na eleição de 2014.

No caso do apoio a Nélio o mal estar foi ainda maior, porque a maior expressão do PPS no estado, o deputado federal Arnaldo Jordy concorria a um novo mandato, que conseguiu renovar.

A permanência de Orismar ficou insustentável porque o diretório estadual do PPS pediu sua cabeça.

Então, era sair, ou ser expulso.

Como ele goza de bom relacionamento com a cúpula em Itaituba, ficou acertada uma saída honrosa, na qual entre mortos e feridos escapassem todos.

E assim foi feito.

Houve uma exigência: que Orismar informasse da tribuna da Câmara, que ele não faz mais parte do PPS por razões pessoais, o que ele fará nos próximos dias.


Questionado pela reportagem do blog para que partido irá, o vereador disse que está analisando e que dentro de alguns dias anunciará. Mas, adiantou que o PMN pode ser sua próxima legenda, dependendo de conversas e para que lado esse partido irá na eleição municipal de outubro deste ano.