sexta-feira, janeiro 29, 2016

Trecho até Santarém vai ser objeto de estudo para possível inclusão na concessão da BR 163

O trecho da BR 163, que vai de Miritituba até Santarém, será objeto de estudo para possível inclusão na licitação.

Foto: Flickr - Placa em frente ao 8º BEC, na Serra do Piquiatuba, em Santarém
De Miritituba até Rurópolis a BR 163 utiliza-se da BR 230 (Transamazônica) por cerca de 150 km.

De acordo com informação do ministro dos Transportes, Antônio Rodrigues, passada ao ministro paraense Helder Barbalho, essa inclusão foi definida pelo governo federal.

Trata-se de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), que será lançada brevemente.

O que o ministro não disse foi se isso vai ser feito a tempo desse trecho ser incluído de imediato no projeto de concessão, ou se será em uma segunda etapa, pois o tempo urge, conquanto a licitação já está marcada para acontecer em setembro deste ano, com previsão da empresa vencedora já assumir o trecho licitado a partir de janeiro de 2017.

Seja como for, o que importa não apenas para Santarém, mas, para todos os municípios desta região que tem ligação rodoviária com aquela cidade é que esse trecho de mais de 350 quilômetros seja incluído e, mesmo que não seja de imediato, que faça parte desse projeto.

Não é justo, nem é bom para todos desta parte do Pará, que a Santarém-Cuiabá vire, simplesmente, Cuiabá-Miritituba.