quinta-feira, janeiro 21, 2016

Kleber pede extensão do trecho até Santarém

Após a explanação do representante da ANTT escalado para esse fim, começaram os pronunciamentos.

O primeiro convidado a falar foi o secretário de Estado de Transporte do Pará, Kleber Menezes, que é empresário do setor, e que até poucos meses era presidente da ATAP.

Ele conhece muito bem essa realidade, pois acompanha essa movimentação da vinda de portos de transbordo de cargas para Itaituba desde o primeiro momento.

Ele citou que neste ano de 2016 está completando 45 anos de constituição dos batalhões de engenharia e construção, 8º e 9º BEC, que tornaram realidade o sonho de ligar o Brasil abrindo a BR 163 no Pará.

Disse que desde 2003 que ele conhece ‘in loco’ o que acontece por aqui, pois a partir daquele ano começou a investir em Itaituba.

Sonhava, disse o secretário, com uma Santarém-Cuiabá que pudesse fazer essa ligação em condições de trazer o progresso para a região. Essa parte está sendo feita. Mas, ao mesmo tempo lamenta que esteja faltando alguma coisa.

Kleber Menezes se referia ao fato de Santarém ficar fora desse programa de concessão, o que não é bom para a região.

O Pará ajuda os brasileiros, mas, não há reciprocidade, o que faz com que a gente fique feliz por um lado, com essa concessão que está sendo discutida, mas, ao mesmo tempo o Estado se sente lesado, quando um trecho importante como é o que liga a Santarém não é atendido, afirmou o secretário, que apelou para os diretores da ANTT que isso seja discutido e que haja empenho por parte do governo para reparar essa injustiça que é deixar Santarém de fora.