quinta-feira, janeiro 21, 2016

Eliene disse que o Consórcio Tapajós apoia o pleito de Santarém

A prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, foi enfática ao afirmar, que o Consórcio Tapajós, composto pelos municípios que serão impactados pela construção da Usina Hidrelétrica de São Luiz do Tapajós, apoia integralmente o pedido de Santarém para que a concessão da BR 163 se entenda até aquela cidade.

Ela defendeu uma participação mais efetiva dos municípios por onde para essa rodovia, nessas discussões atinentes à concessão.

Eliene fez uma sugestão aos diretores da ANTT, no sentido de que seja feito um estudo para que as tarifas inicialmente estabelecidas sejam revistas, baixando em algum percentual, pois ela considera que são elevadas.

Outra solicitação da prefeita de Itaituba foi no sentido de que os carros com placas dos municípios por onde passa a rodovia sejam isentos de cobrança de pedágio.

Nesse particular, um dos diretores da ANTT respondeu e deixou bem claro para a prefeita, que para que isso tenha alguma chance de acontecer, terá que haver alguma renúncia de tributos do município que desejar tal isenção.

A prefeita também citou a necessidade da construção da ponte ligando a cidade de Itaituba ao distrito de Miritituba, que é um sonho de todos os que vivem por aqui, ou dos que transitam por Itaituba, precisando atravessar o rio com seus veículos, mas, embora isso seja uma demanda muito importante, nessa audiência pública ela ficou totalmente fora do contexto.

Uma demanda importante que ela fez, que se for atendida será muito importante para o distrito de Miritituba, será ligação pelo km 17 da BR 230 com a área dos portos, evitando passar por dentro do distrito, uma reivindicação que os moradores de lá esperam que se torne realidade o quanto antes.

Também estiveram presentes, os deputados estaduais Hilton Aguiar, Eraldo Pimenta e Airton Faleiro e o senador Paulo Rocha, além de prefeitos de quase todos os municípios desta região, e muitos vereadores.


O auditório da FAI ficou completamente lotado.