terça-feira, dezembro 01, 2015

Prefeito e vice de Oriximiná são cassados pelo TRE do Pará

Prefeito e vice de Oriximiná, eleitos em 2012, acabam de ter o cargo cassado peloTRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará, em sessão ordinária realizada hoje (1º) em Belém.
Gonzaga Viana (prefeito), 64 anos, e Antônio Silva, o Ludugero (vice), 64 anos, foram acusados de crime eleitoral no pleito realizado há 3 anos. A decisão é pelo afastamento imediato dos dois do cargo.
Eles podem recorrer da decisão.
A ação foi ajuizada por Ângelo Ferrari (PSD), 47 anos, segundo colocado na eleição de 2012.
Ele acusou o prefeito eleito de doar abadás aos eleitores, configurando crime eleitoral.
Como faz menos de 2 anos para uma nova eleição municipal, a legislação prevê a realização de eleição indireta pela Câmara dos Vereadores para apontar os novos ocupantes para os cargos de prefeito e vice.
O relator do processo no TRE foi o juiz Ademar Paes, que votou pela improcedência da denúncia. Mas a juíza Eva do Amaral Coelho, que pediu vistas do processo, abriu divergência.
Outros integrantes do TRE votaram pela cassação do mandato de Gonzaga, filiado ao PV,  e Ludegero, filiado ao PR.
Em 2012, os dois foram eleitos com 53,76% dos votos (16.174 votos).
O 2º colocado, Ângelo Ferrari, obteve 13.912 votos – 46,24% dos votos válidos.
Fonte: blog do Jeso