terça-feira, dezembro 22, 2015

Não foi Eder Mauro, mas, Chapadinha quem tirou o PSD de Eliene

Resultado de imagem para foto do deputado chapadinhaResultado de imagem para foto da prefeita eliene nunesSeja lá por que razão tenha sido, não foi o deputado Eder Mauro, Mas, Francisco Chapadinha quem concretizou o objetivo de Valmir. O mais provável, é porque Chapadinha é o deputado do PSD, nesta região.

Ontem à noite as redes sociais repercutiram por todos os lados esse fato.

Como eu estava em processo de fechamento da edição de fim de ano do Jornal do Comércio, não tive condições de escrever nada para o blog, ontem.

O blogueiro Norton Sussuarana postou em seu blog os nomes dos novos integrantes da Comissão Provisória do PSD, em Itaituba, em documento assinado pelo deputado federal Francisco Chapadinha, que já deve o ter encaminhado para a Justiça Eleitoral.

Pelos nomes constantes da nova provisória, são todas de pessoas afinadas com o ex-prefeito Valmir Climaco, algumas delas, muito próximas a ele, como é o caso de Abileno Palácio.

Chapadinha deve ter convencido o ministro Gilberto Kassab, fundador e presidente do PSD, de que esse é o melhor caminho para o partido, que é aliado de primeira hora da presidente Dilma Rousseff.

 No Pará, quem tem mandado no PSD é gente que faz parte do grupo do governador Simão Jatene.

Segundo disse Norton em sua nota, essa mudança local contou com o apoio do ex-vice-governador Simão Jatene, Helenilson Pontes, que ainda tem o deputado federal Joaquim Passarinho no partido. Eder Mauro também é, com a diferença de que não faz tudo que Jatene manda.

Em se consumando essa manobra, comprova-se que o prestígio da prefeita Eliene Nunes junto a Kassab não é do tamanho que se apregoava, e que como articuladora política ela não tem demonstrado muita habilidade.

Kassab é pragmático.

Ele sabe muito bem, que é importante ter um prefeito de um município do porte de Itaituba. Mas, também sabe que o prefeito só influencia no seu próprio território, enquanto que um deputado federal pode levar a sigla por diversos municípios, dando um retorno muito maior.

Além do mais, a proximidade de Eliene com o governador do Estado não deixa de contribuir um pouco para que o ministro analise até onde isso é interessante para o PSD.

Há poucas semanas, como este blog também noticiou, Kassab entregou o comando do PSD Mulher, no Pará, para Eliene, como um prêmio de consolação antecipado, que ela deverá devolver.
Agora, mais do nunca, poderá se concretizar outro vaticínio feito por este blog a respeito da possível ida de Eliene Nunes para o PSDB, para o qual já teve convite de Jatene por mais de uma vez.

Aí, a briga já será caseira, com o empresário Ivan D’Almeida, que se filiou ao partido de Jatene com o objetivo de lançar-se candidato a prefeito por ele.

A verdade é uma só: a permanência da prefeita Eliene Nunes no PSD tem sido um verdadeiro número de circo, onde ela se equilibrou na corda bamba enquanto pôde. Uma hora um arame vence. E venceu.

Um belo presente de aniversário para ela, que aniversaria hoje.