segunda-feira, dezembro 28, 2015

Apesar da crise, Câmara fecha as contas de 2015 com quase tudo em dia

No que diz respeito aos compromissos inadiáveis, a Câmara Municipal de Itaituba está fechando o ano de 2016 numa situação confortável.

Há três meses a situação estava bastante complicada, a ponto de haver ameaça de não existir dinheiro suficiente para pagar o 13º salário dos servidores e o imposto patronal que tem que ser recolhido à previdência.

Chegou a ser dito que o presidente João Bastos Rodrigues teria que escolher entre pagar um ou outro.

Mas, o Legislativo municipal fecha o ano endo pago o 13º salário, e com quase todo o montante completo para recolher o patronal, que será completado em janeiro.