segunda-feira, novembro 09, 2015

Relatório da Wada recomenda que Rússia seja banida dos Jogos do Rio

Comissão acusa governo russo de cumplicidade nos casos denunciados. Inquérito diz que 1.417 amostras de controle de doping de vários esportes foram destruídas


Mariya Savinova ouro Londres 2012 doping (Foto: Anja Niedringhaus/AP)
G1 - A comissão independente criada pela Wada (Agência Internacional Antidoping) recomendou nesta segunda-feira que a Federação Internacional de Atletismo (IAAF) suspenda a Rússia das competições da modalidade, incluindo as Olimpíadas do Rio. Orelatório de 325 páginas apresentado em Genebra, na Suíça, acusa diretamente o governo russo de cumplicidade nos casos de doping, com tentativas de encobri-los. 
Baseada nas acusações, a comissão - formada por  Richard Pound, ex-presidente da Wada, Richard McLaren, professor de Direito e árbitro de longa data da Corte Arbitral do Esporte (CAS), e Gunter Younger, chefe do departamento de cibercrimes da Baviera - também recomenda que cinco atletas russas e cinco treinadores sejam banidos do esporte. Eles querem proibição vitalícia para Mariya Savinova, campeã olímpica dos 800m em Londres 2012,  e a medalhista de bronze Ekaterina Poistogova, medalhista de bronze na mesma prova. As outras atletas citadas no relatório são Anastasiya Bazdyreva, Kristina Ugarova e Tatjana Myazina.
Richard Pound disse que a crise de doping, denunciada no fim do ano passado em um documentário da TV alemã ARD, é pior do que eles imaginavam. De acordo com o inquérito apresentado, agentes do serviço de inteligência da Rússia, o FSB, estavam infiltrados no trabalho antidoping dos Jogos de Inverno de Sochi. O relatório diz que "a imparcialidade, o julgamento e a integridade foram comprometidos pela vigilância do FSB, dentro do laboratório".  
Segundo a comissão, o próprio Ministro de Esportes russo, Vitaly Mutko, emitiu ordens diretas para "manipular amostras individuais". Médicos e treinadores do país também estariam envolvidos no esquema. Cerca de 1.417 amostras de controle de doping de vários esportes foram destruídas em dezembro de 2014, segundo o relatório.
- É um problema sério. É algo que não atinge apenas o atletismo, mas também todos os esportes. A credibilidade do esporte tem dado alguns golpes graves ao longo dos últimos meses. O difícil para todos nós é que ele não para por aí. A opinião pública vai acreditar que todo o esporte é corrupto, se você não pode acreditar nos resultados. Há um grave problema de credibilidade. Esperamos que todas as confederações comecem a prestar mais atenção nas regras antidoping, porque a sua existência pode estar em risco - disse Pound.