domingo, novembro 01, 2015

Papão fez as pazes com a vitória

Paysandu 5 x 1 CRB - Papão volta a vencer após seis jogos na Série B

Zé Carlos abriu o placar para o CRB.O Paysandu vinha de quatro derrotas e dois empates. Sequência que tirou o time do grupo de acesso. Agora, com a vitória deste sábado o time chegou aos 52 pontos e assumiu a sexta posição. Já o CRB, com o revés permanece em 11.º lugar, com 44 pontos. Praticamente fora da briga por uma vaga na Primeira Divisão de 2016.
O duelo marcou o reencontro de Mazola Júnior com o Paysandu. Hoje no CRB, ele dirigiu o time paraense na temporada passada. Foi vice-campeão Estadual, da Copa Verde e do Campeonato Brasileiro da Série C (recolocou o Papão na Segunda Divisão Nacional). Um jogo que terá que ser apagado da memória do comandante regatiano.
FRACO, MAS COM GOLSPaysandu e CRB estiveram longe de apresentar um bom futebol no primeiro tempo. Aliás, pouco fizeram para abrir o placar e garantir aos torcedores um bom espetáculo. As melhores oportunidades saíram em jogadas de bola parada. Aos sete minutos, Yago Pikachu cobrou falta com perigo. Assustou o goleiro Juliano.
O CRB demorou a sair para o jogo, e a partir dos 20 minutos melhorou em campo e teve chance de fazer seu gol. Zé Carlos puxou contra-ataque e invadiu a área. Porém, ao invés de tocar para o meio da área preferiu a jogada individual e chutou em cima do zagueiro Diego Jussani. O time alagoano que ficou com o escanteio.
Mais ligado, o CRB abriu o placar aos 27 minutos. Ricardo Capanema escorregou na entrada da grande área e a bola sobrou para Gerson Magrão. Ele esperou a saída do goleiro Emerson e tocou para Zé Carlos completar para as redes. Uma ducha de água fria no Papão, desorganizado e numa tarde desanimadora.
Antes do intervalo o time alagoano quase ampliou o marcador. Aos 33, Gerson Magrão arriscou de fora da área e Emerson se esticou todo. Mandou a bola para escanteio. Mas, em cobrança de escanteio o Paysandu empatou. Aos 41 minutos, Aylon subiu alto próximo a primeira trave e mandou no ângulo de Juliano. 1 a 1.
PAPÃO AVASSALADOR
O Paysandu voltou do intervalo com uma postura diferente. Foi mais ofensivo e tocou melhor a bola para chegar na área do CRB. Aos três minutos, o volante Fahel recebeu cruzamento e o goleiro Juliano praticou um verdadeiro milagre. A pressão era grande e no minuto seguinte foi a vez de Aylon tentar fazer o segundo gol, novamente de cabeça.
O CRB se fechou na defesa e apostou nos contra-ataques para surpreender em Belém. Mas estes lances pouco aconteceram, tamanha a pressão e organização do Papão nos últimos 45 minutos. Aos 16 minutos, novamente o volante Fahel teve chance de deixar sua marca. E de novo em cruzamento que terminou com a má pontaria do jogador.
Foram muitas as chances de gol, até que aos 23 minutos os paraenses enfim marcaram. Leandro Cearense brigou pela bola na grande área e ela sobrou para Ricardo Capanema, que estufou as redes.
O CRB ainda tentava se recuperar dentro de campo, quando aos 28 o Paysandu fez o terceiro. Leandro Cearense aproveitou rebote do goleiro Juliano e sem marcação fez 3 a 1. Antes do apito final, aos 42, novamente Leandro Cearense, com categoria, arriscou de fora da área e acertou o ângulo. Um belo gol no Mangueirão. E aos 48, Wellinton Júnior fez o quinto e deu números finais ao confronto.
PRÓXIMOS JOGOS
O Paysandu volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o América-MG, às 21h30, no Independência, em Belo Horizonte. Enquanto o CRB enfrentará o Atlético-GO no sábado, às 21 horas, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Fonte: Agência de Futebol do Interior