quinta-feira, novembro 05, 2015

Navio de bandeira de país europeu encalha em ilha perto de Óbidos no PA

Embarcação de carga está há 9 dias encalhada no rio Amazonas. Seca do rio pode ter contribuído para o incidente, diz Capitania.


Navio Mercante Nilos está encalhado desde o dia 27 de Outubro (Foto: Divulgação/Capitania Fluvial de Santarém)
Navio Mercante Nilos está encalhado desde o dia 27 de Outubro (Foto: Divulgação/Capitania Fluvial de Santarém)

G1 Santarém - Um navio com bandeira de Malta, país da Europa, está encalhado em Patacho, uma ilha perto da cidade de Óbidos, que fica distante 55 quilômetros de Santarém, oeste do Pará, desde o dia 27 de outubro. O Navio Mercante Nilos encalhou em um dos canais do rio Amazonas e a Capitania Fluvial de Santarém acredita que a seca dos rios pode ter ocasionado o incidente.
Navio está abastecido com carga de grãos (Foto: Divulgação/Capitania Fluvial de Santarém)Navio está abastecido com carga de grãos
(Foto: Divulgação/Capitania Fluvial de Santarém)
A Capitania foi acionada logo após o encalhe e uma empresa Holandesa especializada no processo de salvatagem foi chamada para fazer o procedimento de resgate. Segundo o capitão Robson Oberdan, não houve prejuízo na embarcação e nenhum tipo de poluição foi constatado.
Um inquérito administrativo será instaurado para investigar as causas do encalhe e a perícia responderá se, além da seca, houve algum tipo de erro de manobra ou falha nos instrumentos da embarcação. O órgão tem 90 dias para concluir o inquérito.
O navio está carregado com uma carga de milho produzida no Mato Grosso, e foi abastecido no Porto de Itacoatiara (AM). A carga seria exportada, saindo do Brasil pelo porto de Fazendinha, no Amapá, e provavelmente teria como destino a Índia. Ainda segundo a capitania, não houve nenhum tipo de prejuízo financeiro para os municípios.