sexta-feira, outubro 09, 2015

Vivo e Sespa fecham parceria para prevenir doença de Chagas no Pará

açaiA Telefônica Vivo e o Governo do Pará, por meio da Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública), atuam em parceria na campanha de prevenção da doença de Chagas.

A iniciativa consiste em alertar a população sobre as formas de contaminação, que pode acontecer por meio do consumo da polpa do açaí quando a fruta não passa pelo processo adequado de higienização e branqueamento, que requer a imersão do fruto por 10 segundos em água fervente a 80ºC.
A empresa enviará, gratuitamente, 200 mil torpedos (SMS) para sua base de clientes no DDD 93 com orientações sobre os cuidados para prevenir a doença.
A mensagem tem tom de alerta: “Açaí seguro e gostoso só após higienização por água quente a 80ºC por 10 segundos. Assim evita doença de Chagas. Cheque antes de adquirir. 93 3064-9667 Sespa e Vivo”.
Ontem, Marcelo Moda Cunha, gerente Territorial da Telefônica Vivo para Santarém, e Mara Lucia Moraes dos Santos, diretora da Regional de Saúde do município assinarão o Termo de Cooperação e Adesão ao projeto de incentivo à prevenção da doença de Chagas, marcando o início da campanha.
A parceria também beneficiou os clientes do DDD91 no dia 10 de setembro, e vai beneficiar os clientes do DDD94, com o envio do alerta no dia 12 de novembro.
“A iniciativa reforça o posicionamento da companhia de utilizar os recursos disponíveis para sensibilizar e mobilizar a sociedade para assuntos de grande relevância, colaborando ao oferecer instrumentos próprios para ampliar a abrangência da comunicação”, comenta a Relações Institucionais da Telefônica Vivo, Olenita Paes Barreto.
A Telefônica Vivo é líder de mercado no DDD93, com 67,76% e nos segmentos pós-pago, com 74,31%; pós-voz com 78,56; Dados com 43,96%; pré-pago com 66,51%; 3G com 57,10% e 4G com 73,97%. No Pará, a empresa está presente em 106 municípios (73,61% do estado), sendo 95 municípios com a tecnologia 3G.
Com informações da Telefônica/Vivo
Extraído do blog do Jeso