terça-feira, outubro 20, 2015

Peninha pede que SEMA segure licença para por do km 28

Na sessão de hoje, o vereador Peninha (PMDB), falou sobre a empresa Caramuru, que está implantando um porto a altura da comunidade do Km 28, sentido Caima.

O edil sugeriu que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente não conceda a Licença Prévia para a implantação de um porto na margem esquerda do Rio Tapajós, enquanto a comunidade não for ouvida.

Segundo ele, o pedido tem por objetivo evitar o que aconteceu até agora com os portos de Miritituba, que embora tenham acontecido as audiências públicas, o distrito não tem se beneficiado como se acreditava que seria, com esses altos investimentos.

Peninha afirmou que até o momento ninguém ouviu falar em interesse da empresa Caramuru em fazer audiência pública para discutir os impactos sociais e ambientais com a comunidade que vai ser afetada.

O porto será usada para transportar ração para peixe, que virá pronta de Sorriso, no Mato Grosso.

As carretas atravessarão o rio e trafegarão por dentro da cidade de Itaituba, para descarregar no tal porto, causando problemas também aqui, seguindo depois para Barcarena, de onde a ração será levada para a Noruega para alimentar salmão.

Se não cuidar, o município, mais uma vez, vai ficar apenas com o ônus do transporte desse produto.